Fashion Business – Dia 2

O Segundo dia do Fashion Business acho que foi o que eu mais ralei e o que eu mais gostei, empatado com o último, que foi ontem.

Maria Filó

Estreiando nas passarelas a Maria Filó foi a mais tranqüila de todas que eu ajudei, mesmo com duas trocas (se não me engano). Quando você entra no camarim e já definem que modelos você vai ter que vestir a primeira coisa que você checa é se tem troca, se ela tem mais de uma peça pro desfile, porque senão aaah, senão você vai ter que fazer milagre e trocar roupa, sapato, meia (como aconteceu comigo no desfile da Giulietta), tudo isso no maior estilo “the flash” porque se ela não entrar na hora programada você pode desvirtuar toda a “harmonia” que a equipe planejou na hora que estabeleceram a ordem da fila das modelos de acordo com os looks.

Loucura, né ?! Mas depois que você vê tudo bonitinho na televisão do backstage dá um orgulho absurdo e também uma tensão básica de nada cair, de você ter colocado tudo de acordo com o que os estilistas e stylist designaram.

Os vestidos e saias estavam bem a carinha do verão, frescos, bem leves e esvoaçantes e com as cores e estampas que são a cara da marca, tudo bem delicado. Mas tiveram também alguns looks com cores vibrantes se sobresaindo, como o laranja e o amarelo. Os acessórios foram marcados com plumas e estavam em maioria em dourado.

Bom, foi um dos meus desfile preferidos, mas sou suspeita pra falar, adoro a Maria Filó e o clima dos bastidores foi o melhor impossível, todo mundo da marca foi mega gentil e atencioso.

Francesca Romana Diana

Bom, desse desfile eu não posso falar muito dos bastidores porque foi na hora que eu fui almoçar (hahaha) e quando voltei as modelos já estavam em fila, mas o que me chamou atenção e o que eu achei genial foi a combinação da cor do batom com o do colar, brinco ou anel. Sem contar que é tudo muito lindo, adorei!

As peças criadas marcaram o oversized. Era tudo muito grande, chamativo mas sem deixar a classe de lado hahaha e com cores vibrantes.

Sta. Ephigênia

A inspiração para a criação da coleção foi a Ilha de Java. Com estampas gráficas, de paisagens e muitas listras. Tudo muito colorido e mais uma vez a palavra “esvoaçante” marca presença no desfile de mais uma marca. Outra coisa que eu adorei foram os óculos, foi super divertido quando as modelos colocaram no camarim.

Foto que eu tirei com o meu celular das modelos em fila pra entrar na passarela, e no fundinho a televisão que passa o desfile.

Giulietta

Foi o meu último desfile do dia, de início estraiei o fato de ter que colocar a meia arrastão colorida até o joelho e depois passar dois mini elásticos até uma posição estratégica da meia. Não tava entendendo nada daquilo até ver as fotos ou até mesmo o desfile da televisão dos bastidores, adorei o efeitinho que deu da “sobreposição” da cor dos elastiquinhos com a meia e até mesmo as cores da roupa.

Outra coisa que me chamou atenção e que eu gostei bastante foi o uso de dois cintos, era um cinto largo por baixo e transpassado por cima os dois.

A inspiração da coleção foi dos balneários dos anos 50, mas isso tudo num meio urbano.

Victor Dzenk

O desfile aconteceu no Copacabana Palace, não participei dos bastidores, então não vou poder fazer nenhum comentário hahaha. Mas vamos lá, sobre a coleção… Victor Dzenk buscou inspiração na Amazônia, com estampas tribais, muito longo esvoaçante.

Deixe um comentário

Arquivado em Desfile, Moda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s